Quais músculos são trabalhados na bicicleta ergométrica?

· 9 de novembro de 2018
A bicicleta ergométrica é uma das máquinas da moda na academia. Sua prática chegou ao auge graças a seus resultados. Saiba quais músculos trabalhamos ao fazer bicicleta ergométrica a seguir

A bicicleta ergométrica é um bom aliado na hora de praticar esportes. Ela auxilia se seu objetivo for perder peso, já que é um excelente exercício de cardio, e também se sua meta é tonificar suas pernas e glúteos e ainda trabalha outras partes do corpo! Saiba mais a seguir.

Músculos exercitados na bicicleta ergométrica

Sem dúvidas, o músculo que é exercitado em todos os tipos de exercícios cardio é o coração. Com um coração saudável e ativo, você se sentirá muito melhor e terá mais qualidade de vida. Além do coração, com a bicicleta ergométrica podemos exercitar músculos das partes superior e inferior do corpo.

Na parte inferior, podemos destacar o quadríceps, já que ele é constantemente exercitado a cada pedalada. Além desse músculo, esse movimento também exercita os glúteos.

mulher na bicicleta ergométrica

Na parte traseira da perna encontram-se os músculos chamados tríceps sural, que também são exercitados quando fazemos força para mover os pedais. Já a parte superior do corpo é exercitada menos, como veremos a seguir.

Graças aos músculos das costas, lombares e também os abdominais, você pode manter a postura adequada. Por isso, não se esqueça de tensioná-los.

Os músculos dianteiros e traseiros dos braços – bíceps e tríceps – são muito importante na hora de fazer bicicleta ergométrica, pedalando fora do selim com mais resistência.

Os resultados da bicicleta ergométrica

Quando começamos a fazer exercício, geralmente queremos que em poucos dias já seja possível ver mudanças em nosso corpo, para nos motivarmos e seguirmos em frente.

Estudos indicam que uma sessão de treino já traz benefícios. No entanto, quando você começar a fazer bicicleta ergométrica, deverá passar pelo menos quatro semanas sendo constante e trabalhando para poder começar a se notar menos cansado nos treinos.

Se você seguir fazendo esse exercício por dois ou três meses, você verá que suas pernas ficarão muito mais musculosas e sua gordura diminuirá. Assim, você terá um corpo mais atlético.

mulher em bicicleta ergométrica

Treino para perder peso com bicicleta ergométrica

Se seu objetivo é perder peso, uma boa forma de fazer isso é com a bicicleta ergométrica. Uma forma de fazer isso é pedalando durante um longo período de tempo, já que isso fará com que a frequência cardíaca aumente. No entanto, você também pode testar mudanças de ritmo, fazendo intervalos de tempo mais curtos.

A seguir, vamos ver um treino de cerca de quatro minutos:

  • Nos primeiros vintes segundos, pedale em alta velocidade, sem apoiar os glúteos no selim.
  • Descanse por dez segundos.
  • Pedale em alta velocidade, como no começo, por mais vinte segundos.
  • Descanse por outros dez segundos.
  • Pedale mais vinte segundos em alta velocidade e em pé, descansando dez segundo em seguida.

Faça esses intervalos até chegar aos quatro minutos. Isso lhe ajudará a queimar gordura e perder peso mais rapidamente.

Mulher usando bicicleta ergométrica em uma aula

Benefícios da bicicleta ergométrica

  • Melhora o trânsito intestinal. Se além de uma pedalada por dia, você fizer uma dieta equilibrada e beber muita água, seu trânsito intestinal vai melhorar.
  • Adeus ao estresse. Em geral, fazer esportes pode ajudá-lo a eliminar tensões e o estresse de todos os dias.
  • Pode ser combinada com outra atividade. Com a ergométrica, você pode fazer outras atividades simultaneamente, como ler ou escutar música.
  • Segurança. Sem estar em movimento real, você não correrá riscos como na estrada, por exemplo.
  • Queima gordura e tonifica pernas e glúteos. É o benefício mais conhecido, como comentamos acima.

Em conclusão, a bicicleta ergométrica é uma boa opção para fazer exercício comodamente em casa e trabalhar vários músculos de uma só vez. Os benefícios são muitos, então comece o quanto antes!