Aquarunning: os benefícios da corrida na água

4 de setembro de 2019
A piscina nos oferece momentos divertidos e refrescantes, mas também podemos fazer muitos exercícios físicos dentro dela. O aquarunning é um deles.

A corrida na água ou aquarunning é uma atividade emocionante, divertida e diferente. Além disso, também tem muitos benefícios para a saúde. Continue lendo e descubra, neste artigo, os aspectos positivos da corrida em águas profundas!

Com o passar do tempo, a corrida evoluiu e surgiram diferentes tendências que proporcionam excelentes resultados. Entre elas, nasceu o aquarunning: a corrida dentro da água.

Trata-se de um treinamento dinâmico que serve para manter o corpo em forma, sem correr o risco de se lesionar. Esse é apenas um dos muitos benefícios dessa atividade.

O aquarunning, aquajogging ou corrida na água surgiu por volta do ano 2000. A princípio, era uma técnica terapêutica de reabilitação. No entanto, ela posteriormente foi incluída entre as modalidades esportivas praticadas pelas pessoas que têm como objetivo manter a forma e a saúde.

Em que consiste a corrida na água?

Para fazer o aquarunning, é necessário ter um traje de flutuação ou cinto de jogging aquático que mantenha o corpo submerso, mas com o pescoço e a cabeça na superfície. Dessa maneira, o corpo pode simular os movimentos de corrida embaixo da água, sem tocar o fundo.

A duração e a intensidade dessa atividade podem variar, sendo até mesmo possível praticá-la com a mesma frequência da corrida de rua. Isso pode fornecer os mesmos resultados físicos. Dessa forma, é possível tonificar, queimar gordura, melhorar a capacidade respiratória e cardiovascular graças ao aquarunning.

Benefícios do aquarunning

A corrida na água é uma atividade dinâmica e adequada para qualquer pessoa. Portanto, não há barreiras para aproveitar todos os benefícios que vamos explicar a seguir:

1. Menor impacto sobre o corpo

A flutuação na água reduz o impacto da pressão sobre os membros, o que torna o aquarunning uma opção conveniente para as pessoas que sofreram lesões graves, mas que desejam continuar se exercitando.

Controle do corpo

Além disso, é possível fazer exercícios de alongamento, cardio, tonificação e de qualquer outro tipo sem sobrecarregar os ossos, ligamentos, articulações e tecidos musculares.

2. Queima muitas calorias

A água é mais densa do que o ar, o que coloca o nosso corpo em um nível de resistência mais exigente. Um exercício realizado na água queima mais calorias do que o praticado em terra, pois o corpo deve fazer um esforço maior para executar os movimentos.

Dessa forma, a corrida na água pode fazer você queimar mais gordura em menos tempo e, assim, ter um corpo saudável e em forma.

3. Duração

Devido à redução da tensão e do impacto durante o exercício, não há limite de tempo para a execução do aquarunning. Ou seja, os treinos podem ser mais prolongados do que em uma superfície terrestre. Esse também é um ponto a favor para fazer intervalos mais exigentes e diminuir o tempo de recuperação do exercício.

4. Conforto em relação ao espaço

Exercícios como trotar, correr e saltar exigem espaços amplos e uma superfície adequada, que não cause problemas durante a execução do treino. Por outro lado, a corrida em águas profundas é extremamente simples: você só precisa de profundidade o suficiente para não tocar o fundo com os pés.

Portanto, você não precisa de muito espaço. O importante é o equipamento de flutuação e a profundidade da água. Ela é feita principalmente em piscinas, embora rios e praias também possam ser utilizados.

5. Recuperar-se de uma lesão

A maioria das lesões requer terapias de reabilitação. O aquarunning é uma ótima alternativa para o músculo afetado se recuperar gradualmente e, ao mesmo tempo, para que o atleta possa manter o condicionamento físico através de um exercício de baixo impacto.

A corrida na água é um método recomendado por fisioterapeutas principalmente porque ajuda a reparar lesões por estresse, distensões e rupturas. Além disso, é um exercício que também beneficia as pessoas com dores nas costas ou nos joelhos que não podem fazer os exercícios tradicionais.

Menor impacto sobre o corpo

6. Controle do corpo

O aquarunning é um exercício que desafia o controle do corpo. Manter o equilíbrio e fazer os movimentos corretamente, sem balançar para os lados, são tarefas que ajudam a controlar os músculos e a estimular a parte psicomotora do cérebro.

Em suma, a corrida na água é uma atividade cheia de energia e com muitos benefícios. Ela é ótima para manter um bom condicionamento físico e, além disso, também libera endorfinas, o que te manterá feliz e com muita vontade de treinar.

  • Takahashi, J., Ishihara, K., & Aoki, J. (2006). Effect of aqua exercise on recovery of lower limb muscles after downhill running. Journal of Sports Sciences24(8), 835–842. https://doi.org/10.1080/02640410500141737
  • Zenhäusern, R., & Frey, W. O. (1997). Aqua-jogging in the rehabilitation process. Der Orthopade26, 926–929.